Mercado Livre de Energia Elétrica

+ de 0
Migrações
0%
Redução média nas faturas

O Mercado Livre de Energia Elétrica no Brasil

O Mercado Livre de Energia foi criado durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, em 1995, com a Lei 9.074. Ao criar esse mercado, o objetivo do governo foi estimular a livre concorrência, criando maior competitividade entre as empresas brasileiras e proporcionando a redução dos custos com energia elétrica.

No Mercado Livre de Energia, o consumidor pode escolher o seu fornecedor de energia elétrica em toda a extensão do Sistema Interligado Nacional (SIN), conforme sua conveniência, bem como o melhor preço ofertado pelos geradores ou agentes comercializadores.

O consumidor cativo não possui a possibilidade de negociar preço, ficando sujeito às tarifas de fornecimento estabelecidas pela ANEEL.

Qual a diferença entre Mercado Livre e Mercado Cativo?

O Mercado Livre de Energia no Brasil surgiu para estimular a livre concorrência e, assim, reduzir os custos com energia elétrica. O consumidor livre pode traçar suas próprias estratégias e negociar livremente as condições comerciais de contratação da sua energia.

No mercado cativo, os consumidores só podem comprar energia elétrica de uma concessionária ou de uma permissionária que tem a concessão para fazer o serviço de distribuição. O consumidor cativo não tem a possibilidade de negociar preço, ficando sujeito às tarifas de fornecimento estabelecidas pela ANEEL.

Quem pode ser consumidor livre?

Empresas com demanda contratada igual ou superior a 500 kW, por unidade ou somatório de unidades com o mesmo CNPJ, podem adquirir energia gerada por fontes renováveis, tais como hidrelétricas de pequeno porte (PCH), termelétricas a biomassa, fontes eólicas, entre outras.

Empresas com demanda contratada igual ou superior a 2.000 kW podem adquirir energia de qualquer fonte de geração, incluindo as grandes hidrelétricas do país e usinas térmicas e eólicas.

Como a PSO Engenharia Elétrica atua neste mercado?

Realizamos todas as adequações necessárias nas instalações elétricas para atendimento das normas técnicas da ABNT e das Concessionárias. Neste serviço, realizamos diversas atividades como elaboração de projetos elétricos, tramitação de documentos junto às concessionárias, adequação e montagem eletromecânica das cabines de entrada, proteção, transformação e medição. Realizamos também a montagem e a instalação de painel elétrico para o Sistema de Medição e Faturamento (SMF) e demais serviços para migração da Unidade Consumidora (UC) ao Ambiente de Contratação Livre (ACL).

Quais são os serviços prestados?

Temos vasto conhecimento neste mercado e contamos com experiência de migração em quase todos os estados do Brasil e na área de concessão de diversas concessionárias de energia elétrica, entre elas, BANDEIRANTES, CEMIG, CEAL, CEB, CEEE, CELPA, CEPISA, CELPE, COELBA, CPFL, ENEL, ENERGISA, EDP, LIGTH e outras.

• Elaboração de diagrama unifilar
• Projeto do SMF de acordo com ONS
• Projeto de subestações, estudos de proteção e coordenogramas
• Tramitações de documentos e projetos em concessionárias
• Instalação do Sistema de Medição e Faturamento (SMF)
• Instalação do sistema de comunicação; Monitoramento remoto 24 horas
• Construção de subestações
• Adequações de não conformidades relatadas nas vistorias
• Realização de vistorias em subestações
• Fornecimento de materiais e equipamentos para subestações

Sua empresa está precisando de algum dos nossos serviços?